Fez-se Luz ◄ Voltar

"

Catarina Branco nasceu em São Miguel, Açores, em 1974.
Viveu a sua infância e adolescência nos Fenais da Luz, freguesia rural do Concelho de Ponta Delgada.
Em 2000 terminou a Licenciatura em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.
Desde aí tem apresentado os seus trabalhos em exposições individuais e colectivas.
As obras de Catarina Branco são um apelo à contemplação contrariando a velocidade da nossa vida nos tempos actuais. Talvez isto se deva ao facto de serem intrinsecamente açorianas, mas prontas para dar uma lição de esperança e alegria a toda a humanidade.
A peça de chão, que cobre grande parte da área expositiva, está directamente ligada à história pessoal da artista e à sua vivência enquanto criança nos “Fenais da Luz”, na ligação com a sua avó paterna que lhe legou as tradições do recorte de papel, o aproveitamento dos materiais perecíveis, a construção dos tapetes de flores para as procissões religiosas e o lado lúdico de alguém que vivia feliz no espaço contido da sua casa. Esta é, igualmente, uma forma de viagem mas, desta vez, em direcção ao interior, ao íntimo. Podemos afirmar que este trabalho também faz referência às formas características de outras civilizações - o seu lado de miscigenação ou de hibridação.
Tanto na peça de chão como nas obras projectadas na grande tela, podemos verificar as ligações estabelecidas com África, Brasil e Oriente, fazendo jus ao próprio povoamento e colonização açoriana, ela própria protagonizada por povos de diferentes origens. Este aspecto coloca o trabalho de Catarina Branco numa perspectiva verdadeiramente globalizante, reflectindo sobre a ideia de equivalência ou partilha cultural.

Fátima Mota
Março 2013

"


facebook instagram Drawing Room Store
FONSECA MACEDO - ARTE CONTEMPORÂNEA | 2017